FANDOM



O Clã das Deusas é uma das cinco maiores raças no mundo do Nanatsu no Taizai.

 História

Milhares de anos atrás eles frequentemente tinham conflitos com o Clã dos Demônios. No entanto, por terem habilidades equivalentes, foi criado um equilíbrio provisório. Em algum momento, houve um tratado entre os dois, no entanto ele foi quebrado pelo Clã das Deusas, que mataram várias mulheres e crianças que haviam sido tomadas como prisioneiros de guerra.

Há três mil anos, o Clã das Deusas travou uma grande guerra contra o Clã dos Demônios, criando a Stigma, um grupo formado pelo Clã das Deusas, Clã dos Gigantes e Clã das Fadas. Essa guerra foi nomeada de "Guerra Santa".

Essa guerra iniciou quando Elizabeth, a filha da Divindade Suprema e Meliodas, o filho primogênito do Rei Demônio e líder dos Dez Mandamentos se apaixonaram, o que resultou com Meliodas traindo seu clã, fugindo e matando dois membros do grupo o que causou um desequilíbrio de poder. As deusas se aproveitaram do momento para atacar o Clã dos Demônios e instigaram os demais clãs a fazerem o mesmo.

o Clã dos Demônios eventualmente foram derrotados pelo Clã das Deusas e seus clãs aliados e através do sacrifício dos corpos físicos dos membros do Clã das Deusas, foram selados na Caixão da Escuridão Eterna, enquanto seu líder, o Rei Demônio, foi selado de um modo desconhecido no Purgatório.

Habilidades

O Clã das Deusas é uma raça extremamente poderosa capaz de permanecer em pé de igualdade com o Clã Demoníaco, embora tenha exigido a cooperação de fadas, gigantes e humanos para selá-los depois de perder seu lutador mais forte. Apesar de seu poder, eles precisavam de formas físicas para realmente afetar o mundo por suas ações. Os membros do clã da Deusas compartilham várias habilidades comuns:

  • Ark聖櫃 アーク; Seiki (Āku)」": Uma técnica mágica arquetípica do Clã da Deusas que cria partículas de luz, geralmente envolvendo o alvo em uma esfera de luz

deslumbrante que quebra seu corpo. É principalmente neutraliza a escuridão pela desintegração, embora também possa causar danos físicos.

  • Purge「 Jōka (Pāji)」: Uma técnica que apaga almas" abomináveis​​", como vampiros e demônios. Essa técnica foi passada aos druidas.
  • Invigorate「健やかなれ; (Sukoyakanare)」​:Ao canalizar seu poder de cura através da Arca , as Deusas podem neutralizar efeitos negativos, como ferimentos graves causados ​​por miasma ou físico ou até mesmo por um forte ácido venenoso. Também pode recuperar a saúde e a resistência ou limpar a mente de alguém. Esse poder tem um efeito oposto nos demônios quando não é controlado o suficiente, machucando-os e repelindo seu poder.
  • Tranquilize「らかなれ; (Yasurakanare)」​: Ao levantar os dois braços, uma Deusa pode criar uma névoa purificadora forte o suficiente para expulsar séculos de miasma demoníaco fora do alvo.
  • Breath of Bless「 祝福の息吹; (Buresu Obu Buresu)」: Um feitiço que somente uma Deusa de alto escalão poderia usar. O usuário reúne luz na palma da mão para criar algum tipo de símbolo e soprar sobre o alvo desejado, com os afetados recebendo um aumento de poder mágico. O Clã Demônio se refere a esta técnica como Cheat Hope「チートホープ; (Chīto Hōpu) 」, porque é também um feitiço de lavagem cerebral que transforma os alvos em fanáticos, leais às deusas, sem levar em consideração seus ferimentos e continuar lutando até que estejam quebrados e mortos.
  • Possession: Com o consentimento ou formando um pacto com outro ser, as Deusas são capazes de tomar seus corpos como receptáculos e usá-los como seus, podendo usar todas as suas habilidades através de seus vasos, apesar de não serem tão fortes que com seus corpos originais. No entanto, o receptáculo (especialmente os humanos) pode ter dificuldade em hospedar deusas de alto escalão, levando seus corpos a sofrer transformações. A compatibilidade entre o receptáculo e a Deusa pode afetar sua força geral.
  • Flight: Dada a natureza de suas asas, isso permite que as Deusas voem. Os mais fortes têm força suficiente para carregar um gigante. 
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.