Nanatsu no Taizai Wiki
Advertisement

Ryudoshelリュドシエル Ryudoshieru」 é o líder dos Quatro Arcanjos do Clã das Deusas. Ele também é o líder do Stigma.

História

Ryudoshel era um verdadeiro prodígio de seu clã e quando o assunto era matar demônios ele não nem se quer pensava duas vezes isto fazia com quê ele se tornasse bastante idolatrado por todos de seu clã mas niguem o admirava como seu irmão mais novo Mael.seu irmão era bastante humilhado por todos do seu clã por ser fraco mas Ryudoshel sempre acreditou que mael um dia iria superaro ficando muito feliz e orgulhoso quando isto aconteceu.

tempos depois ele se tornou lider dos Quatro Arcanjos e também da Stigma(aliança entre humanos,deusas,fadas e gigantes)nisso numa tentativa de acabar com o clã demoníaco.Ryudoshel teve suas memórias alteradas fazendo assim pensar que seu irmão mael avia sido morto por o filho do rei dos demônios (Estarossa) isto fez com que ele sofresse muito e que não avia alternativa tendo que selar o clã dos demônios e as deusas perde-sen seus corpos

Aparência

Ryudoshel é um homem alto e musculoso, com longos cabelos azuis e quatro asas angelicais saindo de suas costas. Ele usa uma armadura dourada completa com um conjunto de vestes adornadas em seu corpo.

Personalidade

Ryudoshel parece ser educado, gentil e hospitaleiro quando os humanos entram no porto seguro de Stigma, ele se alegra como a Grande Guerra estava prestes a terminar. Além disso, apesar de seu imenso poder e status entre as deusas, Ryudoshel não discrimina deusas inferiores, pelo menos sua família, como mostrado pelo fato de que ele nunca riu de seu irmão mais novo por ser um covarde e incapaz de ferir um único inseto e tinha um bom relacionamento com ele. No entanto, sua bondade parece terminar quando se trata do Clã dos Demônios, querendo destruí-los implacavelmente em nome de trazer paz para as outras raças.

Segundo Nerobasta, Ryudoshel perdeu a família e os amigos em busca da meta do Stigma e, portanto, não pode se dar ao luxo de fracassar. Ele é um homem disposto a desistir de tudo para alcançar um único objetivo, e Gowther o compara a Meliodas a esse respeito.

Surpreendentemente, apesar da traição de Elizabeth do Clã das Deusas, Ryudoshel aparentemente não tem rancor em relação a ela, enquanto ele age cordialmente com ela. No entanto, Ryudoshel possui algum humor, como ele pediu a Elizabeth não querendo enfrentar Meliodas devido a ele ser mal agora.

Parece ter atuado como seu assistente em seus esquemas. Lá, ele declara suas intenções para acabar com a Guerra Santa, exterminando todo o Clã Demoníaco. Elizabeth reluta em suas idéias, dizendo que ele mesmo disse que deveria haver paz entre todos os clãs. Ryudoshel responde que os demônios não são nada além de seres repugnantes que não podem ser comparados a eles, dizendo a Elizabeth que ela deve cortar seus laços com Meliodas, que é o herdeiro do [Rei Demônio]. Quando Elizabeth sai, Ryudoshel diz a Nerobasta para não ir atrás dela, já que ele não pode fazer nada para impedir o plano que já começou.

Ryudoshel ataca Monspiet e Derieri]

Quando os Dez Mandamentos aparecem na floresta, Ryudoshel revela que foi ele quem sequestrou centenas de demônios, incluindo civis inocentes, e os trancou dentro de uma gigantesca Ark para usá-los como isca para atrair os mandamentos e eliminá-los. Depois de revelá-los, Ryudoshel então elimina todos eles.

Quando Sariel e Tarmiel não conseguem eliminar os Mandamentos, Ryudoshel decide se juntar à batalha, ordenando Nerobasta para proteger o portão. Lá, ele consegue incapacitar os demônios sem problemas, forçando dois deles a assumirem sua transformação Indura, conseguindo enfrentar o Arcanjo. Quando Elizabeth intervém, Ryudoshel tenta convencê-la a ajudá-lo a derrotá-los, mas ela declara que os salvará. Ryudoshel insiste que eles devem ser eliminados para obter paz e tenta convencer Sariel e Tarmiel a apoiá-lo, mas os outros dois Arcanjos acabam ajudando Elizabeth a finalmente libertar os Mandamentos de suas transformações.

Algum tempo depois, após a conclusão da Guerra Santa, Ryudoshel perdeu seu corpo físico como o resto do Clã da Deusa e foi selado em um altar druida modificado dentro de um abismo perto da visão de onde Danafor foi construído. Ele ficou dormente lá por mais de 3.000 anos.

Enredo

Arco do Prelúdio Para a Nova Guerra Santa

Quando Ryudoshel sente a presença de alguém com uma alma apropriada para ser seu recipiente, ele a chama para o altar no qual ele foi selado. Lá, Ryudoshel faz um acordo com a jovem princesa de Liones, ela lhe concederia seu corpo para ser seu navio em troca de salvar Gilthunder. Depois disso, Ryudoshel toma o corpo de Margaret Liones e oferece Hendrickson e Dreyfus para se tornarem membros da sua nova Stigma e erradicar o Clã dos Demônios.

A fim de cumprir o acordo com Margaret, Ryudoshel se transporta para o Altar Druida, onde Gilthunder foi mantido em cativeiro por Vivian. Uma vez lá, Ryudoshel perfurou a garganta de Vivian com seu florete, afirmando que sua promessa de eliminar a feiticeira e libertar Gilthunder foi cumprida, podendo a partir daí tomar o controle completo do corpo de Margaret. Sentindo a presença de um membro do Clã dos Demônios perto do altar, Ryudoshel libera um ataque poderoso contra Zeldris, que estava no meio de uma negociação com Merlin, alegando que era uma saudação bem-vinda. Ryudoshel menciona o quão satisfeito ele está no corpo de Margaret, enquanto Gilthunder pergunta por que ele a escolheu e exige que ele a solte, mas Ryudoshel afirma que Margaret se sacrificou para salvá-lo. Quando Zeldris surge mais uma vez furioso com o retorno dos Arcanjos, ele lança seu Dies Irae contra Ryudoshel.

Mais tarde, Ryudoshel se reúne com seus companheiros Arcanjos, Sariel e Tarmiel, que também foram revividos nos corpos de Solaseed e Arbus. Os três retornam a Liones com Dreyfus, Hendrickson e Gilthunder ao mesmo tempo que Elizabeth e os Sete Pecados Capitais. Lá, Elizabeth reconhece Ryudoshel no corpo de Margaret, assim como Ryudoshel a reconhece como a Elizabeth que ele conhecia 3.000 anos atrás. Bartra pede Ryudoshel para libertar Margaret, mas Ryudoshel disse a ele que sua filha voluntariamente entregou seu corpo. Depois de se apresentar como os Quatro Arcanjos do Clã das Deusas, Ryudoshel pede para formar uma aliança entre eles e os Cavaleiros de Liones, assim como os Sete Pecados Capitais, para lutar contra o Clã dos Demônios. Ryudoshel também menciona que Meliodas os traiu, causando a ira de Elizabeth. Ryudoshel afirma que Meliodas é um inimigo que está tramando um plano sombrio com seus irmãos e seus senhores e que Stigma e os Pecados devem se unir para erradicá-los, dizendo a Elizabeth que se ela fizer a Suprema Divindade poderia quebrar a maldição que ela colocou nela. Elizabeth afirma que pretende resgatar Meliodas, não matá-lo, mas que não é possível fazê-lo apenas com o poder dela ou de seus atuais companheiros. Finalmente, a aliança é oficialmente formada.

Durante o banquete naquela noite, Ryudoshel faz um discurso na frente de todos os cavaleiros afirmando que Britânia nunca será tomada pelos demônios e que os Quatro Arcanjos levarão a Stigma à vitória. Nisso, Hendrickson pergunta a ele sobre o paradeiro do quarto membro dos Quatro Arcanjos, causando muita raiva em Ryudoshel, assim como em Tarmiel e Sariel. Lá, eles são interrompidos pelos Plêiades do Céu Azul, que mostram suas dúvidas em relação a Stigma por causa da morte de seu líder, Denzel Liones, por causa da deusa Nerobasta que possuía ele. Deathpierce afirma que o Clã das Deusas não tem sangue ou lágrimas, mas Ryudoshel afirma que eles não são diferentes dos humanos nisso. A fim de ganhar sua lealdade, Ryudoshel usa seu Breath of Bless para dar aos Plêiades do Céu Azul um pouco de seu poder. Depois, ele revela a Hendrickson que o quarto Arcanjo, Mael, foi morto por um dos membros dos Dez Mandamentos, Estarossa.

Depois de beber a noite toda, Ryudoshel sai e está nas ruas de Liones com Escanor e Hawk voltando de fazer recados. O Arcanjo mostra um interesse em Escanor, que se move para um telhado afirmando que ele prefere ser visto de baixo. Ryudoshel reconhece-o como o indivíduo que ele viu na noite anterior e pergunta-lhe como ele escondeu o grande poder mágico que possuía naquele momento, o que leva Escanor a revelar a natureza de seu poder de Sunshine. Antes disso, Ryudoshel ataca furiosamente Escanor, questionando quem assumiu esse poder, o que Escanor entendeu mal. Depois de evitar seus ataques, Escanor tenta pegá-lo, mas Ryudoshel se move a uma velocidade tão alta que ele evita e também corta suas roupas com sua espada. Lá, Ryudoshel revela a natureza da Graça que a Suprema Divindade deu aos Quatro Arcanjos e que a Graça do Arcanjo morto, Mael, era precisamente "Sunshine", que foi perdida após o morte de Mael. Ryudoshel exige que Escanor se livre da Graça, já que o corpo de um humano acabaria se destruindo ao recebê-la, mas Escanor recusa, alegando que "Sunshine" é o poder que ele tem desde o seu nascimento que o consagra como o mais forte. No final, Ryudoshel e Escanor chegam a um entendimento mútuo, alegando que o Arcanjo é útil e Escanor avisando-o para não entrar em seu caminho.

Arco Atual

Ryudoshel participa da reunião para decidir a estratégia de batalha da Guerra Santa, onde ele afirma que Sariel e Tarmiel irão comandar a "Força de Busca e Destruição" como representantes dos Quatro Arcanjos. Ryudoshel, respectivamente, lembra que Elizabeth não faz parte da "Força de Assalto" com ele para evitar confrontar Meliodas, mas Sariel e Tarmiel a defendem afirmando que eles precisam de Elizabeth no campo de batalha. Ryudoshel pede que Hendrickson os acompanhe como seu guarda-costas, dizendo a um relutante Dreyfus que esse é o desejo de Hendrickson. Gilthunder pede para ir também para proteger Margaret, ao que Ryudoshel concorda afirmando que eles são aliados.

Durante a marcha em direção à batalha, Ryudoshel diz a Hendrickson que ele pode ir lutar com Dreyfus se ele quiser, mas Hendrickson diz que não se arrepende da maneira que escolheu. Antes de partir para Camelot, Ryudoshel promete toda a vitória do exército na guerra.

Ao chegar a Camelot, a "Força de Assalto" descobre o castelo de Camelot coberto por um enorme campo de trevas, produto de Meliodas. Merlin pede-lhe uma ideia para entrar, Ryudoshel se envolve em uma conversa telepática com ela, revelando que ele está ciente de que Merlin planejou a conformação do grupo, sabendo que seria necessário seu poder para penetrar no campo das trevas. Ryudoshel avisa-a para ficar ligada ao poder que ela possui e para se certificar de que ele não caia nas mãos do inimigo.

Ryudoshel comenta que a força de Escanor será, sem dúvida, indispensável na batalha contra os demônios, também que Hendrickson e Gilthunder serão úteis por sua devoção em proteger Margaret, apesar de sua falta de força. Ryudoshel revela que ele está interessado em Hendrickson dado seu julgamento e controle em comparação com aqueles afetados com Breath of Bless, concedendo-lhe que ele pode usá-lo como um escudo ou até mesmo um substituto para ser sua embarcação.

Ryudoshel invoca seu Sanctuary, criando uma barreira, Ark ao redor dele, Merlin, Escanor, Hendrickson e Gilthunder, sendo capaz de cruzar o campo das trevas graças ao poder de Merlin que quer entrar e se juntar os outros. Ryudoshel declara que uma vez lá dentro eles não podem sair até que eles matem o criador do campo escuro, Meliodas. No entanto, Merlin declara que há outro caminho: retornar Meliodas à normalidade. Ao entrar onde o casulo de Meliodas é encontrado, os cinco são recebidos por Zeldris, Cusack e Chandler. Ryudoshel enfrenta pessoalmente Zeldris, dizendo que é a primeira vez que eles vêm cara a cara, para o que Zeldris diz que será o último.

Quando a batalha começa, Ryudoshel assiste enquanto Escanor ataca o casulo de Meliodas, e enquanto os demônios se distraem com o Double Impact de Merlin, Ryudoshel assalta Cusack e Chandler com sua Graça. Ryudoshel passa a confrontar Zeldris, notando que sua espada é a mais rápida em todo o Reino dos Demônios. Depois de uma rápida troca de espadas, Ryudoshel recebe um corte na sua bochecha, enquanto Zeldris recebe a mesma lesão mais um grande corte no braço. Ryudoshel o chama de rude por machucar o rosto de uma mulher. Mais tarde ele é salvo do ataque de Cusack por Hendrickson, Ryudoshel o chama de idiota por tentar salvá-lo quando ele já havia lido seu ataque, mas ainda aprecia sua preocupação por ele e cura a ferida que ele recebeu em sua perna.

Ryudoshel intercepta o avanço de Zeldris com seu Gold Shining. Ele está um pouco surpreso quando Zeldris sai ileso, supondo que seja o poder mágico do Rei Demônio.

Quando Zeldris assume a posição que libera seu poder mágico original, Ryudoshel pede a Hendrickson que se afaste porque ele não pode mais protegê-lo de lá. Ryudoshel afirma que a vitória na Guerra Santa será para as deusas, mas Zeldris diz que ele não tem interesse em jogos insignificantes como esse.

Zeldris então passa a usar seu poder original Ominous Nebula, criando uma incrível força de atração, que atrai a Força de Assalto para ele. Zeldris afirma que eles devem sair de seu caminho, liberando um ataque que deixa Ryudoshel, Escanor, Hendrickson e Gilthunder feridos contra a parede. Zeldris cria outra força de atração, mas Escanor e Ryudoshel conseguem segurá-la, enquanto Hendrickson e Gilthunder são mantidos em segurança pelo teletransporte de Merlin.

Ryudoshel é levado para atacar Zeldris, com certeza decifrou a técnica de espada de Zeldris. No entanto, é apenas repelido e encostado na parede como da última vez. Depois de ser atraído novamente, Ryudoshel se apega a Escanor para se sustentar. Escanor fica chateado pedindo-lhe para manter distância, para que Ryudoshel diz que não tinha a intenção de cair de costas, procedendo a uma discussão entre os dois.

Ryudoshel pede a Merlin a identidade do poder de Zeldris, levando Merlin a explicar como a Ominous Nebula tem três características: a capacidade de atrair coisas para Zeldris como seu centro com um incrível poder de atração, incluindo apenas seres vivos, e que nenhum ataque físico consegue alcançá-lo, sendo eles atingidos por um ataque desconhecido. Merlin ressalta que nenhum dos ataques mágicos que ela e Ryudoshel usaram anteriormente afetaram Zeldris, o que deve ser devido aos poderes do Rei Demônio. Merlin declara que Zeldris tem um ataque do qual é impossível se defender e além da resistência a ataques físicos e mágicos, o que tornará a batalha mais difícil do que eles poderiam imaginar.

Ryudoshel pede a Escanor para ajudá-lo, surpreendendo-o quando ele se recusa. Ryudoshel se mostra indignado, alegando que um ser humano miserável deve obedecê-lo como o maior ser da Terra, ao que Escanor responde que não se importa. Quando Ryudoshel é finalmente pego no poder de Zeldris, Merlin pede a Escanor que lhe dê uma mão, e ele imediatamente pega Ryudoshel. Ele pergunta se ele não seguiu ordens, para as quais Escanor diz a ele que as ordens de Merlin são outra história. Quando Escanor pergunta se ele tem algum plano, Ryudoshel diz a ele que somente se ele obedecer suas ordens.

Ryudoshel usa seu Ruby Shine para cegar Zeldris com uma luz brilhante enquanto Escanor causa uma enorme explosão com seu Cruel Sun para camuflar suas presenças. Convencido de que Zeldris não será capaz de contra-atacar sem poder antecipá-los da mesma forma que Full Counter, Ryudoshel e Escanor se lançam sobre ele, mas para sua surpresa ambos são rejeitados da mesma forma mais uma vez.

Ryudoshel não entende completamente por que seu ataque não funciona quando ele é mais uma vez absorvido pelo vácuo de Zeldris, que declara que é hora de parar de perder tempo e ficar sério, depois aumentar a pressão e a velocidade de seu poder. Então, quando Escanor libera seu Crazy Prominence, Ryudoshel o repreende que seus ataques também o alcançam.

Ryudoshel retorna para lançar contra Zeldris criando uma grande espada Ark em seu braço. Ele se lembra de como ele sacrificou tudo, seu amor e amizade, a fim de cumprir seu dever de vencer a Guerra Santa. No entanto, Zeldris o rejeita mais uma vez, sendo Gilthunder quem o salva interpondo-se no ataque e sendo ambos cruzados contra a parede.

No entanto, quando Zeldris é finalmente seriamente ferido por Escanor como The One, Ryudoshel consegue aproveitar o segundo em que Zeldris o teria levado para reativar seu poder God, para obliterá-lo. Novamente com o seu Gold Shining, desta vez, conseguindo feri-lo. Ryudoshel afirma que sua desgraça estava piscando para ele.

Habilidades e Equipamentos

Como o líder dos Quatro Arcanjos, Ryudoshel é extremamente poderoso. Sua mera presença é suficiente para assustar King (enquanto no corpo de Gloxinia) e Diane (enquanto no corpo de Dolor). King afirma que ele possui uma imensa quantidade de poder mágico e que seu o poder está a par ou até maior que os Dez Mandamentos. Possuindo inteligência superior, poder mágico e carisma, Ryudoshel reina supremo entre os Quatro Arcanjos. Seu irmão mais novo e o mais forte dos Quatro Arcanjos, Mael, afirma que ele possui o mesmo nível de poder que Meliodas.

Como todos os membros do Clã das Deusas, ele tem um par de asas que lhe garante a habilidade de voar. Ele mostrou a capacidade de convocar suas asas à vontade.

Enquanto usa o corpo de Margaret, Ryudoshel ainda é extremamente poderoso. Ele facilmente perfura o pescoço de Vivian sem ser notado, dispara um feixe enorme de Ark em Zeldris através da ponta do florete que ele empunha, e depois elimina o ataque de Zeldris, Dies Irae, como se fosse mera "brincadeira de criança".

Ryudoshel possui imensos níveis de durabilidade e resistência, recebendo apenas pequenos ferimentos e capaz de continuar lutando depois de receber vários golpes de Derieri (que destruiu uma floresta inteira com um único giro de sua cauda) em sua forma Indura. Ele também é extremamente habilidoso em esgrima, como mostrado quando ele pressiona Escanor com suas habilidades de espada enquanto está no corpo de Margaret, e luta uniformemente com Zeldris, que é conhecido por ter a velocidade de espada mais rápida no Reino dos Demônios.

Nível de Poder

Magia
????
Força
????
Espírito
????
Total
201000

Relacionamentos

Mael

Mael é o irmão mais novo de Ryudoshel. Enquanto Mael era menosprezado pelos outros por não conseguir ferir um inseto, Ryudoshel sempre encorajou seu irmão mais novo e nunca riu dele. Ryudoshel esperava que Mael o superasse, sentindo-se orgulhoso quando se tornou o mais forte dos Quatro Arcanjos. Ryudoshel também prometeu tentar organizar as coisas entre ele e Elizabeth. Depois que Mael aparentemente morreu, a simples menção de seu irmão fez com que ele parecesse irritado com Hendrickson. Ele parece lamentar a aparente morte do irmão.

Nerobasta

Embora nunca tenha agido de maneira muito diferente com ela do que com outro de seus aliados, aparentemente ignorando os sentimentos de Nerobasta, Ryudoshel está realmente ciente de seus sentimentos.

Elizabeth

Ryudoshel está ciente de que a maldição de Elizabeth ainda está ativa. Apesar de sua traição, ele ainda age em relação a ela como ele costumava ter 3.000 anos atrás. Os dois reclamaram sobre Meliodas e seus irmãos, mas os dois finalmente chegaram a uma decisão de formar uma aliança. Ryudoshel sugere a Elizabeth que sua mãe poderia levantar sua maldição se ela os ajudasse a derrotar os demônios.

Batalhas

Arco das Memórias da Guerra Santa

  • Dez Mandamentos vs. Quatro Arcanjos: Indeciso

Arco Atual

  • Força de Assalto vs. Zeldris, Chandler e Cusack:

Trivialidades

  • De acordo com seu nível de poder, Ryudoshel tem o maior nível de potência medido com precisão até agora na série.

Navegação

Advertisement